A verdadeira intenção dos pombos: dominar o mundo!
Pruuu!

O que aconteceu? É guerra?

Você já deve ter percebido que as pombas estão cada vez mais folgadas, não? Sentam na nossa mesa em uma lanchonete a céu aberto, atravessam calmamente uma rua movimentada, entram nos lugares mais inusitados... Sem contar o que fazem quando veem nosso carro recém lavado. É claro que os pombos querem nos dominar! Nós humanos ainda estamos livres, mas em Almerath, um reino bem distante, a invasão já começou. No primeiro contato com as criaturas do Reino de Pruuzharia, o povo de Almerath acreditou que os pombos eram seres pacíficos, já que foi essa a mensagem transmitida por eles na capital do reino. Mas bastou avistarem um pequeno saco de pipoca para mostrar suas verdadeiras faces malígnas.

Bom, preciso ir agora. Sinto que estão me vigiando... Antes, deixo aqui abaixo as imagens e informações que consegui coletar. Ah não! As pombas acabaram de entrar pela minha janela! Por que ainda estou escreven... Pruu pruuu pruuuuuuu!!!

Sobreviva!

Muitos pombos famintos por pipoca vão te perseguir, cada um com seu comportamento!

Ataque!

É claro que não íamos te deixar na mão. Atire, exploda e revide com as diferentes armas!

Explore!

Desbloqueie as demais áreas do cenário e encontre novos armamentos e melhorias para te ajudar no combate!

Divirta-se!

Já que o mundo está sendo dominado por pombos, por que não deixar essa situação engraçada?

Pigeons Attack é um top-down shooter com elementos de combate cujo objetivo é sobreviver à hordas de pombos e encontrar o caminho até o Reino de Pruuzharia, para derrota-los de vez. Para isso, você contará com upgrades e armamentos distribuídos pelo cenário. Colete moedas para desbloquear novos personagens e regiões. Ajude a combater essa invasão!

Melhor Jogo

Convenção das Pombas - 2016

"Pruu!"

Um pombo

"Esse dia foi louco!"

Outro pombo

"Legal, mas não me chamaram"

Um ganso invejoso

Conteúdo Alpha

Mundo

Jim, O Mensageiro

É o menos corajoso dos personagens. Veio para a capital entregar uma carta e se deparou com a invasão em estágio avançado. Sem poder escapar livremente, sua única opção foi encarar o medo e lutar. Possui cabelo curto laranja e usa um capuz para se proteger do frio da estrada.

Pomba

Cidadão comum do Reino de Pruuzharia. Em tempos de guerra ou colonização, compõe a linha de frente do exército das pombas. Por não ser especialista em combate, correr e perseguir o inimigo é a única tática que conhece. Mas não se engane, ela é perigosa do mesmo jeito, principalmente em bando.

Pomba Explosiva

Uma pomba comum contaminada por uma misteriosa magia verde. Sua origem é desconhecida. A aparição ocorreu de surpresa, provavelmente estava escondida enquanto o pronúnciamento dos demais ocorria. É um inimigo extremamente rápido e nocivo. Se explode ao entrar em contato ou ser derrotado.

Pomba Gigante

Uma pomba grande e forte que protege o palácio principal de Pruuzharia, assim como a Cachoeira de Pipoca que existe no Reino. Usa um saco de pipoca como capacete. É um inimigo lento, porém resistente. Atrapalha a fuga de seus alvos bloqueando o caminho e dando oportunidade para as demais pombas os perseguirem.

Pomba Maga

Uma pomba com predisposição a aprender magia. Em épocas remotas, a Cachoeira de Pipoca em Pruuzharia era muito mais intensa, despejando pipocas milagrosas capazes de curar as mais cruéis doenças, além de fortalecer o espírito daqueles que as comiam. Agora, a Cachoeira perdeu sua força e poder, mas a magia permanece em algumas linhagens de pombas.

Liz, A Guerreira

Liz é uma garota camponesa muito corajosa que desde pequena gostava de brincar com espadas, começando com uma de madeira contra o espantalho da plantação de seus pais. No dia da invasão, seus pais estavam vendendo os produtos da fazenda na capital. Sem notícias sobre eles, decidiu vestir sua armadura e lutar contra os pombos para encontrá-los.

Muito mais por vir

Provas

Imagens, screenshots e vídeos coletados que comprovam a guerra. Estamos em perigo!

Acompanhe as novidades!

Ficou preocupado? Siga nossas redes sociais para saber mais. Agora que perdemos contato com nosso informante, precisaremos de sua ajuda.

Obs: Ainda não sabemos se o passarinho do Twitter também está envolvido. Por enquanto, pode confiar e clicar.